07
out

O que podemos esperar da internet para 2012?

07 de outubro de 2011

Esse ano até que demorou um pouco, mas enfim começaram as divulgações e, porque não dizer, as divagações sobre o futuro da tecnologia e as tendências para o ano de 2012. A CEO da consultoria de estratégia digital Webbmedia Group, Ammy Webb, analisou e fez as principais previsões durante a convenção ONA 2011 (Online News Association).
Um dos pontos principais citados pela consultora é o refinamento dos resultados de busca. Precisão é a palavra do momento e Ammy elencou três sites: Helioid (buscas categorizadas por temas), Twylah (busca para resultados do Twitter) e Greplin (busca especializada em redes sociais).

 

No sistema de tópicos, a consultora garante que a organização de informações por temas tornará mais fácil a produção de conteúdos, onde serão valorizados os sites de perguntas e respostas onde os usuários colaboram para aumentar e editar todos os conteúdos.
O Google+ aparece como principal ferramenta para agrupar em círculos virtuais os amigos. A plataforma aparece como uma tentativa do Google, principal buscador do mundo digital, em competir com o Facebook. Os sites que possibilitam a teleconferência gratuita também terão uma exposição maior que a de hoje em dia. Ammy lembra das redes sociais de proximidade. Uma tendência que se deriva do serviço de geolocalização Foursquare e facilita o encontro de pessoas que estão em um mesmo lugar ou próximas geograficamente.
Para a consultora o webbface é o aplicativo que marcou o ano de 2011. Ele reconhece os rostos através de fotografias. Essa tecnologia será utilizada, por exemplo, para ajudar a polícia durante a Copa do Mundo de 2014.
As anotações digitais também passarão a ganhar espaço no próximo ano. Como, por exemplo, a caneta que captura e registra textos, áudios e desenhos e/ou um programa que pode fotografar um texto e transformá-lo em documento para edição na tela do computador.
Uma das novas tendências citadas por Ammy e que demonstra ser uma das novas tecnologias que mais mudará a forma de se interagir pela internet será a interface gestual. Ao contrário do sistema touchscreen, esse não depende de telas. Os comandos são feitos com os movimentos das mãos no espaço. E isso não é fantasia ou projeções longínquas, já que a Apple trabalha atualmente com esta tecnologia.
Com todos esses assuntos elencados, fica cada vez mais claro e evidente que as redes sociais, de busca e aplicativos de última geração terão o espaço necessário para expandir e fechar o próximo ano com novas empresas aparecendo como as novas sensações da internet. Ao contrário do que aconteceu nos últimos anos, aonde Google, YouTube, Facebook e Twitter praticamente monopolizaram a internet com campanhas de marketing digital pesadas e bem feitas. Novos horizontes e oportunidades estão por vir.
Por isso ressalto a importância de links building, como “consórcio porto” e “consórcio porto seguro”. É preciso de uma campanha de links patrocinados muito bem feita, como recentemente o case de sucesso, o hotel Leão da Montanha, com as palavras “hotéis em Campos do Jordão” e “Campos do Jordão hotéis”, para estar sempre em evidência e aparecendo entre os principais temas e assuntos nessas redes sociais. Pense nisso!
Por Fábio Grinberg, especialista em marketing digital e no desenvolvimento tecnológico de marketing para empresas. É proprietário da Mr. Grin e presidente da Top Google.

Fonte:http://ht.ly/6Q0CA

por:
Compartilhar no Facebook
Twittar
Enviar por e-mail
0
Shop online with https://rxstock.org ""` online pharmacy viagra is suitable for you. Mail order online pharmacy stock a range of health product. Medicine will be delivered to Canadian pharmacy !.*] purchase viagra safest way to get! Buy prescription drugs online on the Canadian pharmacies <|~ Canadian drugs here we have posted the price, in which you can find all drugs available in.